Kingdoms of Amalur: Reckoning já tem vídeo com gameplay

Por Vivi Werneck

Kingdoms of “Amarula” (hehehe) finalmente mostra um pouco da jogabilidade de mais um game de RPG/Ação. Sinceridade… A mim mais pareceu uma espécie de Zelda hardcore com tripas. Mesmo tendo sido criado por Ken Rolston (Elder Scrolls III: Morrowind, Elder Scrolls IV: Oblivion) e com direção artística de Todd McFarlane (Spawn) e história do escritor R. A. Salvatore (Forgotten Realms), o jogo – na minha humilde opinião – ainda não conseguiu me instigar a comprá-lo. Pelo menos não no lançamento, previsto para 2012 (PC, PS3, Xbox 360).

A história não é lá muito original, nem o estilo dos golpes. O meu destaque positivo vai para o gameplay da classe Mage que, para variar, dá um show porque mago é f***, rs.

No segundo vídeo, Kingdoms of Tequila é apresentado de forma mais ampla no evento PAX East 2011.

– Leia mais sobre Kingdoms of Amalur: Reckoning.

11 thoughts on “Kingdoms of Amalur: Reckoning já tem vídeo com gameplay

  1. Sério q eu queria mesmo aprender a gostar de games ao estilo Diablo, Oblivion, etc., mas uma coisa q me dificulta nisso é q eu gosto da sensação de estar controlando um personagem com identidade própria, não um avatar q eu criei e é só mais um solto num mundo gigantesco. No momento, por exemplo, estou jogando Tales of the Abyss e um fator q me estimula a continuar é a história e o carisma dos personagens.
    Não sei como se faz pra se sentir cativado por esse tipo de game.

    1. Eu até gosto de customizar personagens. Qdo o mesmo não tem uma personalidade definida, eu jogo imaginando um tipão pra ele. Se crio um carecão bruto da cara feia, saio xingando todo inimigo e batendo sem estratégia ou pudor algum. Coisa meio maluca, mas eu realmente me sinto o persoangem qdo jogo.

        1. Eu também,meu amigo e eu criamos dois clãs no Soul Calibur 3…um de ninjas e outro de kung fu,acabamos esquecendo o pessoal original!
          Com direito a personagens principais e tudo,dentre eles os gemeos DATIRO e UKIMATA.
          Criamos um pusta enrredo que já deu inumeras reviravoltas!Sem falar nos kombates mortais,onde se perde de vez o bonéco.
          Emocionante e até triste as vezes!

          É claro que “as força oculta” acabam por trazê los de volta do alem tumba.

    2. Eu sinto a mesma coisa, acho que inclusive já comentei aqui, eu prefiro muito mais um personagem pré feito, com identidade própria, do que um personagem genérico, que eu possa customizar. Por mais que os jogos dêem a opção para “criar” a personalidade do personagem através de escolhas e diálogos, pra mim eles não conseguem tirar o cheiro de genérico deles.

      Isso é um dos motivos para que, pra mim, The Witcher é a melhor série de RPG para videogames!

      1. Eeee maldita pressa. Ela é uma das melhores séries de RPG pra mim porque tem um personagem único, bem definido e com uma personalidade fantástica, que faz com que o jogador se identifique com ele e tenha uma maior imersão no universo do jogo. #prontofalei

  2. Jogão foda, mas até agora não apresentou nada diferente. A EA não quis arriscar, e fez a fórmula básica de um RPG com gráficos fodásticos.

    Aliás, “quase” nada novo, pq é a primeira vez q vejo um mage lutar com aquelas performances. Muito fods a arminha de argola, tipo um Mage Assassin Dancer of Hell.

  3. Vivi, realmente mago é fod*, é o que eu sempre prefiro jogar, mesmo que tenha HP menor e resistência mais fraca, é mais ágil e acaba ficando mais forte ao longo do tempo.
    Neste vídeo o primeiro personagem que acho que eh um knight me lembrou muito Fable, já com o mago achei muito bom, mas realmente é um jogo que parece não ter nada de diferente de outros, e ainda não penso em comprá-lo, quem sabe com mais detalhes eu não mude de idéia.

  4. Como já disse em um post anterior sobre esse jogo, achei o nome muito engraçado e não consigo ler “Amalur” sem pensar em “Amarula”.

    Parafraseando a mim mesma, escrevi no outro post:

    “Já fico até imaginando as sequências… “Kingdoms of Tequila: With Lemon is Better” e o esperado conteúdo extra, “Wrath of the Dark Caipirinha”.

    XD

  5. Gosto muito desse tipo de jogo , eu queria mesmo uma sequencia de dark alliance 2 akele de ps2 . as cores eram muito boa as magias os cenarios etc… akele foi um dos melhores jogos que eu cheguei a jogar de ps2 . se tivesse um para ps3 no estilo .

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s